Pesquisar este blog

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Diálogo com a comunidade marca a apresentação do RS na PAZ no Rubem Berta


Secretário Airton Michels explanando sobre programa


O bairro Rubem Berta foi o terceiro a receber a visita da Secretaria de Segurança Pública (SSP) para apresentar o RS na PAZ. Na ocasião, os moradores puderam ouvir, questionar e encaminhar sugestões para a composição do programa. Com o apoio do Fórum Regional de Justiça e Segurança do Eixo Baltazar/Rubem Berta, a reunião aconteceu no final da tarde de quinta-feira (13), no Vida Centro Humanístico.
O secretário da SSP, Airton Michels, explicou a importância do investimento em ações multidisciplinares e preventivas. "Há mais de 200 anos, em todo o Brasil, o combate à criminalidade foi feito somente com uso das forças policiais. Não funcionou, a violência só aumentou. O trabalho da polícia é essencial, mas o desenvolvimento de ações nas áreas de saúde, cultura, educação, é fundamental".
Inicialmente, o RS na PAZ terá ações específicas nos quatro bairros que concentram os maiores índices de homicídios em Porto Alegre - Restinga, Rubem Berta, Lomba do Pinheiro e Santa Teresa. Somados, os quatro bairros representam 25% dos homicídios da Capital. "Em quatro anos não conseguiremos resolver todos os problemas de segurança pública, por isso, queremos combater os mais graves, como os homicídios", disse Michels.
Alguns moradores relataram fatos que ocorrem no cotidiano no bairro e as expectativas em relação à segurança pública. "Estamos aqui para dar uma satisfação à população, mostrando o que a SSP está fazendo. O policiamento ostensivo no bairro foi intensificado. Cursos de policiamento comunitário estão sendo dados aos policiais civis e militares para que haja uma integração maior com a comunidade" ressaltou o secretário adjunto da SSP, Juarez Pinheiro.
De forma conjunta com o trabalho policial, ações sociais estão sendo articuladas com secretarias estaduais, municipais, autarquias e fundações para dar continuidade ao trabalho de contenção da criminalidade. Para o coordenador do RS na PAZ, delegado Carlos Sant'Ana, é fundamental oferecer atividades, no contraturno escolar, para jovens e crianças, evitando que eles sejam aliciados por traficantes.
O diretor do Departamento de Gestão Operacional da SSP, coronel Carlos Hirsch, destacou que a comunidade pode auxiliar a Polícia Civil e a Brigada Militar fornecendo informações sobre grupos criminosos por meio do número 0800.64.23456, criado exclusivamente para os quatro bairros do RS na PAZ. A ligação é gratuita e o anonimato é garantido.
Os moradores podem fornecer informações sobre a atuação de quadrilhas e gangues, abusos contra crianças, mulheres e idosos, desvios e omissão de servidores públicos, autoria de crimes, localização de foragidos, pontos de tráfico de drogas, porte ilegal de armas, maus-tratos e outros, proporcionando importante auxílio à atividade policial.
Após a exposição das ações na segurança pública, foram apresentados os projetos desenvolvidos em parceria com as secretarias da Saúde, Economia Solidária e Apoio à Micro e Pequena Empresa, Educação, Esporte e Lazer, Políticas para as Mulheres, Cultura e Secretaria Geral de Governo.
Estiveram presentes a secretária de Políticas para Mulheres, Márcia Santana, o comandante-geral da Brigada Militar, coronel Sergio Abreu, o diretor-geral do Instituto-Geral de Perícias, João Luiz Corso, a ouvidora da Segurança Pública, Patrícia Couto, o coordenador do Conselho Municipal de Justiça e Segurança, Bruno Knob, o subchefe de Polícia, delegado Ênio Gomes de Oliveira, além de integrantes da Polícia Civil e da Brigada Militar.
Está prevista para o dia 27 de outubro a apresentação do RS na PAZ para os moradores do bairro Santa Teresa.
Texto: Alexandra C. Saraiva
Edição: Redação Secom (51) 3210.4305

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Festa na Praça México foi um sucesso!

Mais de mil e quinhentas pessoas participaram da festa alusiva ao dia das crianças na praça México, bairro Rubem Berta nesta quarta-feira (12/10). A atividade que foi promovida pelo Fórum Regional de Justiça e Segurança do Eixo Baltazar e pelo 20º BPM e que contou também com a parceria da Polícia Civil, Bombeiros, IGP, EPTC e da Coordenação da Descentralização da Cultura da SMC.

Denominada Rubem Berta na Paz, as crianças faziam a troca de armas de brinquedo por outros de cunho pedagógico e/ou esportivo. O objetivo desta ação é a conscientização e a promoção de uma cultura de paz na gurizada.

Foram realizadas diversas atividades entre elas demonstrações de habilidade nas motos, de combate à incêndio e primeiros socorros, exposição de fotos da PC, educação para o trânsito pela EPTC, educação ambiental pelo DMAE, passeio nos cavalos da BM e com cães do Grupamento de Busca e Salvamento e do DENARC e a distribuição de 205 senhas para confecção gratuita da carteira de identidade.

Segundo o Secretário Adjunto da Segurança, Juarez Pinheiro, "a segurança não um caso de polícia, mas é também um caso de polícia. É responsabilidade da União, dos Estados e dos Municípios, é responsabilidade de toda a sociedade".

Estiveram presentes também o Comandante de Policiamento da Capital, o coronel Atamar Manoel Cabreira Filho e os vereadores Adeli Sell e Mauro Pinheiro.

video

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Fórum de Segurança promove festa na Praça México no Rubem Berta

IGP participa do Território da Paz no Bairro Rubem Berta

A partir desta terça-feira (4), até sexta-feira (7), o Departamento de Identificação do Instituto-Geral de Perícias participa da ação do Governo Estadual, "Território da Paz", na Praça México, do Bairro Rubem Berta. Servidores do Departamento atenderão à comunidade local, neste período, prestando informações sobre a emissão da carteira de identidade e distribuindo 10 fichas por dia, para atendimento no TudoFácil Zona Norte (Rua Domingos Rubbo, 51 - POA - de 2ª a 6ª-feira das 7h30min às 19h30min. Em frente ao Hosp. Cristo Redentor. Fones: (51) 3337-0375 - 3342-9509). Os atendimentos serão livres do pagamento de taxas.

Na semana anterior, participando da mesma ação na Restinga, o DI/IGP encaminhou 15 carteiras de identidade na estação da unidade móvel (quarta-feira) e distribuiu mais 71 fichas entre quinta e sexta-feira para atendimento de 10 fichas ao dia, no Posto Restinga, durante o período de 03/10 a 11/10.

O Território da Paz ocorre por meio da adoção de estratégias capazes de garantir o acesso aos direitos fundamentais das pessoas, promovendo a reconstrução de redes de sociabilidade e solidariedade rompidas pela violência, pelo medo, pela segregação e exclusão social. Os espaços são constituídos a partir de projetos que incentivam inclusão, cooperação e confiança, visando à diminuição das desigualdades sociais e da violência.